3 passos para a reeducação alimentar

É muito comum encontrarmos pessoas que estão insatisfeitas com o seu corpo, pois infelizmente essa é uma situação muito frequente. Porém, o foco desse processo de emagrecimento não deve ser a perda de peso em si, mas sim a reeducação alimentar. 

Se você está querendo emagrecer, com certeza não vai querer voltar para o seu corpo atual daqui a 2 ou 3 meses. Quando uma pessoa faz dieta de maneira forçada, ela não entende como se alimentar bem é um benefício para a sua saúde. 

Para que você tenha qualidade de vida, é preciso haver uma reeducação alimentar, assim, você se tornará consciente e não vai diminuir a comida (ou parar de comer, em alguns casos) para um resultado imediato. 

A reeducação alimentar é fundamental para a sua vida, afinal, te faz entender que a sua relação com a comida não deve ser uma vilã. Na verdade, a comida é algo fundamental para a nossa vida, e é possível comer o que você gosta e o que é saudável. 

Apesar de o processo de reeducação alimentar precisar começar e ser acompanhado por um nutricionista, você pode dar o primeiro passo em casa, na verdade, 3 passos. Vamos conferir? 

Melhore a sua ingestão de água no dia 

Um dos passos fundamentais para a reeducação alimentar é melhorar a ingestão de água por dia, isso porque a sua hidratação corporal é de suma importância. Além disso, a água não apresenta calorias, é limpa e remove as toxinas presentes no corpo, o que facilita a desintoxicação. 

Há controvérsias sobre a quantidade de água que uma pessoa deve ingerir no dia, como se dependesse, por exemplo, do seu peso. Mas se você está começando agora com o processo de reeducação alimentar, o ideal é que você beba de 1,5 a 2 litros de água no dia. 

Se você tem uma certa dificuldade para ingerir muita água no dia, opte por algumas técnicas, como dividir em garrafas menores para não perceber que é muita água. Outra dica é colocar gengibre na garrafa ou meio limão, e ao longo do dia você bebendo alguns goles. 

Se nada disso funcionar, uma opção interessante é investir nos chás sem açúcar, contudo, evite a todo custo os sucos industrializados e refrigerantes. 

Fazer as refeições num intervalo de 3 horas

A dica para fazer as refeições num intervalo de 3 horas traz consigo algumas explicações, e uma delas tem a ver com a sua glicose. Isso porque as taxas de glicose do nosso sangue podem ficar mais estáveis ao comer de 3 em 3 horas. 

Inclusive, isso também auxilia na sensação de saciado, ou seja, você não vai sentir tanta fome como costuma acontecer, podendo se concentrar com mais facilidade em suas atividades. 

Para que você consiga comer nesse intervalo de tempo, o recomendado é que você consuma uma quantidade menor de comida por refeição, indo desde o café da manhã, um lanche de manhã, o almoço, um lanche no turno da tarde, o jantar e a enfim ceia. 

Caso você não consiga comer essa quantidade no dia, fracione tudo em pequenas porções. 

Reeduque o paladar

O terceiro e último passo para o seu processo de reeducação alimentar é, de fato, reeducar o paladar. Então, a partir de agora você deve se importar mais com o preparo dos seus alimentos e procurar por receitas que sejam saudáveis para o seu dia a dia. 

Uma dica interessante é visitar sites como o do Pratodoprato, que traz diversas receitas saudáveis, como um requeijão caseiro, patê de berinjela. Você pode acessar receitas saudáveis e conferir mais opções para você adotar. 

Desse modo, caso você não goste de algum alimento em específico, mas saiba sobre a sua importância, busque por opções alternativas que envolvam esses alimentos de uma forma mais discreta. Teste novas receitas, optando sempre por comidas integrais – elas reduzem a fome e regulam o intestino. 

Faça algumas mudanças também, como parar de comer comidas de fast food, incluir, ao menos, duas frutas no dia, como na hora da sobremesa. Sabemos que essas mudanças podem ser muito difíceis, no entanto, elas são necessárias para uma boa qualidade de vida. 

Com o tempo, essas mudanças se tornarão um hábito comum no dia a dia. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *