A revolução na gestão empresarial e a era das organizações ambidestrais

São Paulo, SP 26/11/2020 – Temos uma série de ferramentas que podem ser integradas e aplicadas em cada etapa do projeto para atingir KPIs e metas específicas de forma mais ágil.

Novo Modelo Híbrido de Gestão combina metodologias Lean Six Sigma, Design Thinking e Métodos Ágeis

Organizações ambidestrais são empresas capacitadas para conduzir tanto projetos de excelência operacional, como os de inovação. Essa característica é fundamental para enfrentar um ambiente de negócios complexo, dinâmico e em rápida mudança, como o atual. Por isso, muito tem se falado delas. Para suportar as estratégias de melhoria e inovação, inúmeras técnicas, metodologias e ferramentas de gestão de projetos emergiram. Mas entre tantas opções, uma dúvida. Qual dessas metodologias seguir? Segundo estudo “Pulse of the Professional”, liderado pelo PMI, o futuro da entrega de valor é combinar um espectro de abordagens: preditiva, iterativa, incremental, ágil e híbrida para mudar a forma como se trabalha.

Esse é o objetivo do Modelo Híbrido de Metodologias, uma solução com a chancela da Six Sigma Brasil, de autoria de Adélio Pereira, Clóvis Bergamo e Luís Oliveira, que integra de forma estruturada as metodologias do Lean Six Sigma, Agile e Design Thinking. Neste Modelo, os resultados ganham muito mais relevância do que seguir uma sequência de ferramentas. São três os fundamentos que norteiam o Modelo Híbrido: estabelecer um método de desenvolver projetos que ajude a resolver problemas e atingir metas com máxima eficiência; concluir com sucesso o projeto no menor tempo e utilizando o mínimo de recursos possível e entregar valor, decorrente de melhorias ou inovações, de forma contínua.

“Fazendo uma analogia, antes os processos eram como estradas pavimentadas e o que temos hoje é um mar agitado, com vento e um barco à vela. Além disso, nossa capacidade de absorver e equacionar o mundo em nosso entorno é menor do que a velocidade das mudanças. Para lidar com toda essa complexidade, precisamos nos livrar das amarras de uma única metodologia. Temos à disposição uma série de ferramentas e instrumentos que podem ser integrados e aplicados em cada etapa do projeto para atingir KPIs e metas específicas de forma mais ágil. Essa é a essência do Modelo Híbrido, que já está sendo implementado em grandes companhias desde agosto deste ano, e o mercado tem recebido com grande entusiasmo e otimismo”, diz Clóvis Bergamo, CEO da Six Sigma Brasil.

O estudo do PMI realizado com 5.402 profissionais, entre eles gerentes de projeto, executivos seniores e diretores de PMOs de diversas indústrias ao redor do mundo, corrobora a afirmação de Bergamo. O documento diz que 71% das organizações relatam maior agilidade nos últimos cinco anos. Cada vez mais organizações estão reconhecendo que a agilidade, capacidade de detectar e se adaptar rapidamente às mudanças externas e internas para entregar resultados relevantes de maneira produtiva e econômica, as ajuda a permanecerem competitivas.

Outro grande desafio que muitas empresas enfrentam é gerenciar projetos com base apenas em resultados tradicionais, como tempo, escopo e orçamento, sem rastrear consistentemente se eles ajudam a organização a atingir seus objetivos estratégicos maiores.

O Modelo Híbrido vem equacionar benefícios, tangíveis e intangíveis. Sua estratégia é baseada na metodologia Lean Seis Sigma (DMAIC), que foca em o que mudar e por que mudar, no Design Thinking, para responder como inovar, e nos métodos Ágeis, que têm no seu cerne Identificar, Priorizar e Implementar (Sprints). Esses Sprints aplicados em cada etapa do DMAIC consistem em: primeiro, mapear e identificar variáveis críticas do processo (X) com alto impacto no desempenho e resultado esperado (Y) e analisar deficiências ou oportunidades de melhorias relacionadas aos Xs críticos. Segundo, selecionar melhorias potenciais nos Xs críticos, priorizar as melhorias e definir o plano de ação. Terceiro, implementar as melhorias priorizadas e medir a eficácia das melhorias.

Para mais informações sobre como trabalhar de forma integrada com as diferentes metodologias de gestão de projetos, a Six Sigma Brasil irá promover um webinar exclusivo, no próximo dia 01 de dezembro. Durante o evento, especialistas e idealizadores do Modelo Híbrido irão mostrar como tirar proveito dessa nova mentalidade. As inscrições são gratuitas.

Webinar – Modelo Híbrido: Lean Six Sigma + Design Thinking + Métodos Ágeis

Quando: 01/12/2020
Horário:
17h – 18h
Inscrição:
https://www.leansixsigma.com.br/webinar/modelohibrido/

 

Website: https://www.leansixsigma.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *