vendas

Conheça 4 ferramentas que podem ajudar a aumentar as vendas de um negócio!

Poucas ações podem ser tão importantes na rotina de uma empresa quanto as vendas, sejam elas conquistadas pelo departamento comercial, pelo marketing ou por ambos em conjunto. O que, aliás, já indica uma estratégia interessante.

De fato, ainda é muito comum alguns empresários e gestores de corporações fazerem uma divisão radical entre o marketing e o comercial. Contudo, isso não faz muito sentido, além de que pode trazer vários prejuízos, como perda de tempo e de dinheiro.

Também assim, é muito comum algumas empresas acabarem investindo apenas em uma das duas estratégias, sem entender que muitas vezes é a conciliação entre ambas que vai trazer o melhor resultado possível naquele momento.

Basta imaginar o caso de um fornecedor de amortecedor dianteiro fiesta 2008 que trabalha com uma solução bastante específica, e por isso mesmo pode captar centenas de leads por meio dos grandes motores de busca.

Isso é o que se chama de marketing digital, ao mesmo tempo em que os vendedores certamente podem conseguir excelentes resultados, tanto pela loja no atendimento ao cliente que chega, quanto fazendo visitas e consultorias especializadas.

Outra distinção que pode causar mais confusão do que vantagens é a da divisão radical entre o mundo online e o offline. Acabamos de dar um exemplo prático disso, ao falar sobre buscadores como Google, Bing e Yahoo, por um lado.

Por outro lado, falamos dos vendedores e consultores presenciais. Ou seja, na prática não é preciso fazer uma divisão radical e engessada, mas sim, conseguir extrair de cada modalidade o que ela pode oferecer de melhor para você.

Mais um exemplo ainda, a fim de tornar esse ponto bem claro, é o da distinção entre o crescimento orgânico e o acelerado, o que também pode causar debates acalorados. No primeiro caso, é preciso investir em marketing de conteúdo.

As vantagens aí implicadas, como veremos depois, é que isso cria uma relação com o público. Como um blog sobre bateria 60 ap, que muito antes de falar sobre venda, vai educando o seu público, com material original e gratuito.

Já o crescimento acelerado consiste em pagar propagandas e anúncios para que os mesmos conteúdos cheguem a muito mais pessoas. Basta dizer isso para ficar claro que um recurso não precisa ficar em detrimento do outro.

Tanto que hoje se fala muito sobre o marketing de 360 graus, que nada mais é do que uma estratégia que tenta englobar todas as possibilidades do momento. Sempre levando em conta as necessidades de cada negócio, de modo realista.

Esses exemplos também servem para mostrar que falar sobre vendas e fortalecimento de marca não é algo tão simples assim. É preciso ter todo um respaldo teórico, com base em conceitos e características, que não é qualquer um que domina.

Daí que a internet tenha feito um trabalho forte no sentido de disseminar o marketing digital e o presencial nas últimas décadas. Contudo, nem sempre isso se traduz em resultados práticos ou, pelo menos, no mínimo que se esperava.

Isso ocorre justamente porque os princípios gerais precisam ser adaptados para o caso a caso, pois as diferenças entre uma fabricante de banco mobilete branco e uma revendedora desse produto podem ser radicais em termos comerciais.

Também por isso é que decidimos elaborar este conteúdo especial sobre o tema, a fim de clarear essas questões e mostrar como cada um pode crescer de modo sério e sólido, considerando os cases de sucesso, além de sua realidade própria.

Para tanto, além de ajudar você a conhecer as ferramentas que realmente podem auxiliar no aumento das vendas do seu negócio, mostraremos a importância do departamento comercial e as ferramentas que podem ajudar nisso.

Tratam-se de recursos que já foram devidamente testados pelo tempo e comprovaram sua eficiência, de modo que o risco de insucesso é bem pequeno. Ao mesmo tempo em que o custo-benefício é altíssimo, por serem medidas acessíveis a todos.

Outro critério que faz toda diferença aqui é a aplicação que fazemos de exemplos práticos e bem didáticos, por contarem com segmentos e nichos de mercado realmente existentes. Isso ajuda quem procura um modo prático de assimilação do assunto.

Realmente, um dos pontos altos dessas dicas e conselhos é o fato de que hoje as ferramentas indicadas já evoluíram tanto que também podem ajudar qualquer negócio, seja o vendedor de barraquinha de pipoca para festa ou o prestador de serviço.

Por esta razão, todo aquele que tem o desejo urgente de realmente dominar um assunto que pode revolucionar qualquer empresa, aumentando as vendas e fortalecendo a marca perante o público, basta que siga com a leitura até a última linha.

1. A persona do público

Se antes era comum as marcas focarem apenas no produto/serviço, em si mesmas ou na concorrência, hoje vivemos uma fase que se chama Marketing 4.0, cujo traço principal é o de focar no cliente e já não em outros pontos.

Com isso, passa a ser fundamental entender os perfis da sua persona de marca, como primeira ferramenta fundamental de aumento das vendas de um negócio.

Ou seja, entender o perfil daquelas pessoas que são seus clientes em potencial, pois é assim que você vai conseguir chamar a atenção delas.

Então, uma clínica de design de sobrancelha masculina precisa entender todas as mudanças de mercado que ocorreram nos últimos anos, até os homens passarem a procurar essa solução.

As perguntas que mais podem ajudar a responder isso costumam ser:

  • Quem é meu cliente ideal?;
  • Onde exatamente ele se encontra?;
  • Quais sites e plataformas ele lê?;
  • Ele curte filmes, séries e músicas?;
  • Quais as redes sociais que segue?;
  • O que ele adora em uma negociação?;
  • O que odeia que façam com ele?

Enfim, essas são as características de uma persona de público, assim como a marca que levanta isso tem muito mais chances de aumentar as vendas do seu negócio.

Afinal, cada uma das dicas e conselhos que daremos abaixo, dependem eminentemente desse recurso, pois ele é que aumenta de modo inegável a assertividade das estratégias.

2. O funil de vendas

Outra ferramenta incrível, que também deixa clara a importância do departamento de vendas e sua relação com o marketing, é a do pipeline.

Também chamado funil de vendas, o que esse recurso faz é determinar muito bem o papel de cada etapa da jornada de compra, definindo melhor onde o marketing começa, até onde vai, onde o comercial começa e daí em diante.

Por isso mesmo, hoje uma gráfica ou firma qualquer de impressão de livros que quiser obter resultados sólidos, vai precisar desenhar um funil bem detalhado.

Tal como a persona, é isso que vai tornar a mira mais assertiva. Geralmente, o pipeline começa pelo topo, avança pelo meio até chegar ao fundo.

Dito de outro modo, na prática você começa gerando conteúdo e pagando anúncios. Depois de captar os leads, você os qualifica e manda para os vendedores.

Eles, por sua vez, vão fazer o fechamento e implementar enquanto é tempo. Depois, ainda podem ajudar o suporte ao cliente a cruzar as etapas de fidelização, e adiante veremos esse nível como outra ferramenta fundamental.

3. Marketing de conteúdo

Outra ferramenta disruptiva que pode mudar a realidade comercial de uma marca para sempre, é a do marketing de conteúdo como um todo.

Geralmente comparado ao inbound marketing, o que esse recurso faz é gerar materiais de referência no seu segmento, tornando-se uma autoridade nele.

A quantidade de possibilidades que essa tática abre é praticamente infinita. Um modo pelo qual um engenheiro paisagista pode começar é fundando seu blog, para publicar artigos nele frequentemente.

Depois, esses conteúdos densos podem servir como gatilho ou script para outros tipos de conteúdos. Os maiores exemplos são as postagens nas redes sociais, que também são uma ferramenta incrível de aumento de vendas.

Além de lives, podcasts, videoaulas e tudo o mais que permita que o cliente em potencial consuma seu conteúdo, a qualquer hora do dia. O que também deve ser uma prioridade.

4. Programas de fidelização

Por fim, uma ferramenta que pode ajudar e muito a aumentar as vendas de um negócio é a dos programas de fidelização, que alguns entendem errado.

Muitos acham que essa medida, por encontrar-se na escala do pós-venda, impactaria apenas na fidelização de quem já comprou e já pagou.

Mas pense bem, se uma pessoa vê que uma creche bebe tem descontos progressivos e bônus em uniforme ou eventuais materiais, ao passo que outra não tem, qual ela vai preferir?

Ou seja, esse tipo de programas e de campanhas aquece o funil de vendas inteiro, inclusive trazendo mais leads, contatos comerciais e oportunidades.

Considerações finais

Entender a importância do departamento de vendas e sua relação com o marketing é algo realmente indispensável para quem deseja crescer.

Acima explicamos detalhadamente as 4 ferramentas que mais podem ajudar na hora de aumentar as vendas do seu negócio, tornando essa jornada mais segura e assertiva.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *