Pandemia provoca mudanças também na administração de negócios

São Paulo/SP 1/12/2020 – O papel do administrador é criar processos de forma a dirigir os esforços realizados pelos membros das organizações e seus recursos para alcançar os resultados.

Profissionais da área e ferramentas de gestão realizam mudanças e reorganizam ou criam conceitos que trazem à tona novos modelos administrativos.

Com a atual conjuntura da pandemia, se fosse criada uma métrica de avaliação deste cenário e as consequências, o administrador de empresas Ênio Silva Vieira afirma que a maior parte das pessoas diria que o saldo foi negativo. “Temos motivos reais para isso, como a queda histórica de 9,7% do PIB brasileiro no segundo trimestre, recuo do consumo das famílias de 12,5%, segundo informado pelo IBGE no início de outubro/2020, a recessão mundial, além das vidas perdidas, obviamente.”

Porém, por mais difícil e delicado o momento, Ênio afirma que é preciso encontrar um lado positivo na atual situação. “Arrisco a dizer que praticamente todos estão dando mais valor a muitas coisas que antes passavam completamente despercebidas, como a liberdade de ir e vir, o contato físico e os cuidados com a saúde. No contexto empresarial, várias organizações se reinventaram, mudaram completamente os processos, rotinas e muitas performaram extremamente bem.” 

O administrador reforça que, mesmo com estatísticas difíceis, como a apontada por pesquisa do IBGE (30/10/2020), que mostra a taxa de desemprego no Brasil em 14,4% no trimestre encerrado em agosto, e o fechamento de 716.000 empresas no Brasil desde o início da pandemia, em outra pesquisa do Instituto (16/07/2020), há números e ações positivas em meio a esse caos. “Empresas estão obtendo lucro neste período, como as de comercio eletrônico, justamente pelos novos hábitos das pessoas na pandemia. Um exemplo é o Magazine Luiza, que teve crescimento de mais de 79% de valorização na bolsa de valores IBOVESPA, consequências do modelo e referência de gestão, além da capacidade de se adaptar às circunstâncias à sua volta.” 

Para Ênio, as ferramentas de gestão e os profissionais de administração são capazes de estudar as mudanças e reorganizar ou criar conceitos e teorias, emergindo modelos administrativos inovadores, tornando o reordenamento da estrutura e do funcionamento organizacional e social uma necessidade para superar essa fase. “O papel do administrador é criar processos de forma planejada, organizada, de modo a dirigir e controlar os esforços realizados pelos membros das organizações e o uso de todos os recursos disponíveis para alcançar os resultados desejados.”

Para encerrar, o profissional vê de forma positiva tantas mudanças de postura e do modo de gerir os negócios daqui por diante. “O mundo já passou por outras crises e as empresas, estruturas, tarefas, tecnologias e, principalmente, as pessoas que souberem fazer profundas transformações para obter os melhores resultados com recursos escassos, conseguirão passar por mais essa crise com grandes conquistas”, finaliza.

Website: http://linkedin.com/in/enio-vieira-8578bb82

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *