blog

Por que ter um blog?

O blog faz parte da história da internet. Lançado no início da era digital para uso doméstico, trata-se de páginas personalizáveis, com espaço para a publicação de artigos que podem ser acrescidos de elementos de imagem ou vídeo.

Qualquer usuário da rede já ouviu falar nessa palavra, que tornou-se marca de um domínio, o “ponto blog”. 

Neste artigo, conheça a importância dos blogs para as empresas e por que você deve investir em um.

De diário pessoal a editorial corporativo

Os blogs surgiram ao final dos anos 1990 como uma espécie de diário pessoal, um caderno de notas virtuais que ofertava para qualquer indivíduo, a chance de externalizar seus pensamentos para o mundo.

Muitas pessoas escreviam artigos sobre temas de seu domínio e interesse, enquanto outras usavam o espaço para contar suas experiências de vida. As plataformas responsáveis por esses sites são chamados sistemas abertos de gestão de conteúdo para a internet.

Os endereços na web são preenchidos por arquivos em HTML e folhas de estilo, onde há a inserção de algoritmos. São esses recursos compartilhados entre servidores e sua máquina cliente, em um sistema similar ao chaveiro para abrir cofre, no carregamento de um link.

Os sistemas de gestão de conteúdo construíram uma infraestrutura de geração automática desses arquivos, mediante cadastro em sua plataforma. Isso possibilitou que usuários comuns, com pouco conhecimento em computação, criassem blogs sem esforço.

O sucesso desta iniciativa foi tão intenso que as empresas, aos poucos, passaram a dominar o cenário. Basta digitar uma palavra nos motores de pesquisa e é possível constatar o fenômeno diante de tantos blogs nos resultados.

Hoje, os blogs são usados como revistas empresariais e seus artigos informam o consumidor sobre todos os processos da empresa, desde a produção até a confecção de embalagens em caixa papelão reciclado.

Impactos dos blogs para as empresas

Os aspectos que justificam tamanha adesão a esta modalidade de página na web explicam o retorno que os blogs entregam para estratégias de marketing digital. Com bons números na geração de receita e autoridade de mercado online, os blogs estão longe da obsolência.

Portanto, a criação de um blog deve ser considerada por qualquer gestor que planeja se posicionar no comércio digital para uma fábrica de uniforme personalizado lanchonete, por exemplo. Algumas das razões e vantagens que sustentam essa afirmação são:

1 – Otimização para motores de pesquisa

O SEO (Search Engine Optimization) é um conjunto de técnicas para otimização de conteúdo criado na web, em observância aos critérios fixados pelos algoritmos de indexação, que rastreiam e associam páginas a pesquisas por palavras-chave.

Algoritmos como o PageRank estabelecem alguns pontos que indicam a relevância, a credibilidade e a qualidade do conteúdo de um endereço web. Esses pontos são calculados pelo índice de domain authority (autoridade do domínio), e são:

  • Número de links associados à página (citação interna e externa);
  • Autoridade de domínio dos links associados;
  • Qualidade do layout da página;
  • Palavras-chave associadas ao título e ao corpo do conteúdo;
  • Citações não linkadas da marca em pesquisas.

Os links associados de uma página são chamados, em conjunto, de link juice, citados através da adesão de seu endereço na publicação do blog, associada a uma palavra-chave. Outros sites devem fazer o mesmo com o seu blog, criando uma cadeia de referências.

O PageRank transfere parte da pontuação e da autoridade de domínio para a página mencionada, o que pode ser valioso para um blog no início de sua atuação, aumentando suas chances de aparecer na primeira página de resultados em sites de pesquisa.

Os blogs são ambientes perfeitos para a aplicação deste tipo de estratégia, devido à grande liberdade de personalização do endereço web, tanto em termos de layout, quanto em tamanho e diagramação do conteúdo publicado.

Uma empresa de manutenção corretiva ar condicionado split pode construir uma campanha de tráfego orgânico gratuita com um blog. Dispensando custos com os anúncios pagos, os blogs tornam as campanhas publicitárias acessíveis para orçamentos limitados.

2 – Apresentação do produto 

Os blogs não apresentam limites de caracteres na produção em texto, ao contrário das redes sociais, servindo, pelo contrário, ao propósito de criar artigos mais longos, onde há a possibilidade de detalhar informações e aprofundar o tópico abordado.

Em uma campanha de marketing, a diversificação do tipo de conteúdo gerado é essencial para promover uma marca de maneira consistente. Isso significa que, aliado aos posts simplificados das redes sociais, o empreendedor deve investir em conteúdo mais robusto.

Os blogs permitem que a empresa apresente seu produto para o público, explicando sua composição, funções e o processo de produção desde a captação de matéria-prima, o manuseio de guindaste para obras até o resultado final.

3 – Presença forte no mercado digital

O mercado digital cresce no cenário global e recebe, todos os anos, novas atualizações em tecnologia que impulsionam essa rota de expansão. Contribuições da logística, das comunicações e do setor financeiro viabilizam o comércio virtual de quase qualquer coisa.

A maior parte dos resultados em sites de busca são links de blogs, com uma parcela menor destinada às redes sociais. Estas últimas funcionam como ecossistemas próprios e são mais acessadas por aplicativos mobile, ao invés de navegadores para desktop.

Sites de pesquisa processam uma média de 40 mil buscas por segundo no planeta, o que corresponde a uma parcela próxima dos 41% de todos os usuários da internet, que são metade da população mundial e 70% da população nacional.

Esses números apontam para a importância dos blogs em uma estratégia de marketing digital, posto que são predominantes nas pesquisas. Através deles, uma empresa de climatização ambientes farmacêuticos pode gerar tráfego em todos os seus canais.

4 – Entradas para funis de venda

O funil de vendas é uma estratégia de marketing digital que consiste na criação de focos para a obtenção de leads, isto é, usuários com alto nível de interesse no catálogo de uma marca. Graficamente, o processo se divide em topo, meio e fundo do funil.

Os pontos de captação são caixas de mensagem e estruturas interativas que permitem ao usuário disponibilizar dados de contato como e-mail ou telefone. A partir de então, convertido em lead, o usuário será nutrido com conteúdo personalizado sobre a marca.

Ter um funil de vendas é fundamental para adquirir informações sobre o seu público de maneira orgânica e autorizada. Além disso, o método de qualificação aumenta as chances de vendas. Um blog corporativo é o canal de entrada favorito para novos leads.

5 – Análise de perfil do consumidor

O usuário que busca contratar um guincho 24hr possui necessidades específicas, derivadas dos aspectos ambientais que o cercam. A obtenção de um carro, por exemplo, depende de fatores como a renda, a localização e outros dados demográficos.

Um blog permite uma análise detalhada e intuitiva do perfil do consumidor, uma vez que muitas plataformas gratuitas oferecem painéis estatísticos com informações, em tempo real, sobre os acessos para cada página do blog.

Tipo de dispositivo, navegador, fonte de pesquisa usada para chegar até o site, páginas de saída e entrada, bem como tempo de sessão são dados presentes em todas as versões básicas das plataformas de monitoramento de tráfego.

Em modelos mais avançados, é possível identificar os temas de interesse do usuário com base em sessões anteriores, a localização mais precisa, o sexo e a idade média dos indivíduos que visitam seu blog, importantes na criação de uma persona de marca.

6 – Geração rápida de tráfego

Pelas razões abordadas nos tópicos anteriores, os blogs conseguem entregar um resultado mais satisfatório quando o assunto é gerar tráfego. Uma loja online de camisa social bordada personalizada pode conquistar bons números em pouco tempo de atuação.

Para um site voltado para o e-commerce, ter um blog institucional que atraia e distribua tráfego orgânico para seu catálogo é de grande valia. O blog institucional enriquece a marca, tornando usuários comuns em potenciais consumidores. 

7 – Parcerias com criadores de conteúdo

As parcerias são muito importantes em ações promocionais e campanhas de marketing em geral, tornando a assessoria de imprensa no coração da imagem pública de uma empresa. No cenário digital, as parcerias abordam criadores de conteúdo ou influenciadores.

Ter um blog institucional que gere bons resultados, com organização e boas práticas de marketing, é um ativo que pode aumentar as chances de fechar parcerias melhores. Essas parcerias podem se estender até mesmo para outras plataformas.

Considerações finais

Os blogs são uma parte fundamental da criação de sites, presentes na forma institucional em todas as grandes corporações. A boa notícia é que o produtor de pequeno e médio porte também pode investir nesta que é uma ferramenta gratuita.

No coração da atividade virtual, os blogs movimentam a rede e pulverizam o interesse do usuário em outros locais, usados como fonte de informação para consumidores, trabalhadores, estudantes e indivíduos em geral.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *