O que é um requisito de software? Como podemos realizar a identificação dos requisitos do sistema?

Você sabe o que são requisitos de software? Conheça os 2 tipos.

Requisitos de Software, conheça o Santo Graal da Engenharia de Software.

Nos tempos atuais, as funções e papéis profissionais ligados à tecnologia são conhecidos de todos nós. Áreas como a de desenvolvimento de sistemas, engenharia software, análise de requisitos e gerenciamento de projetos de software, são especialmente cobiçadas pela população jovem que dá os primeiros passos de sua carreira.

O que é o PMBOK?

O PMI – Project Management Institute é uma instituição internacional sem fins lucrativos que associa profissionais de gestão de projetos, ela organiza e publica o Guia PMBOK – (Project Management Body of Knowledge).

O guia PMBOK é a referência para a padronização de práticas e processos do gerenciamento de projetos. O download do PMBOK pode ser feito no link: https://analisederequisitos.com.br/guia-pmbok-6-pdf/
O guia PMBOK é a referência para a padronização de práticas e processos do gerenciamento de projetos. O download do PMBOK pode ser feito no link: https://analisederequisitos.com.br/guia-pmbok-6-pdf/

Atualmente em sua 6ª edição, o PMBOK reúne de forma estruturada as melhores práticas, ações e processos do gerenciamento de projetos. Sua elaboração é realizada por um corpo de profissionais reconhecidos internacionalmente no setor de Gerenciamento de Projetos.

Clique no link para baixar gratuitamente a  versão em PDF do PMBOK 6ª edição em português.

O que é levantamento de requisitos de software.

Os requisitos de software são como o Santo Graal durante o desenvolvimento de um projeto de software.

Muitos jovens entrantes se inscrevem, prestam vestibular e cursam cursos de engenharia de software, ciências da computação, sistemas para internet entre outros. Passados os anos de estudo acadêmico, infelizmente muitos finalizam sua graduação sem compreender o conceito chave da engenharia de software.

Você sabe o que são requisitos de software?

Em um projeto de desenvolvimento de software, o que é realmente mais importante? Pense bem, será que estou falando sobre a tecnologia de desenvolvimento, a comumente chamada “linguagem de programação”?

Ou será então que eu me refiro à metodologia de desenvolvimento, como XP, Scrum, Kanban, Cascata ou qualquer outra? Pode ser também que esse tal Santo Graal esteja relacionado com a forma com que é feita o gerenciamento de projetos de desenvolvimento de software?

A propósito de gestão de projetos, a FVG – Fundação Getúlio Vargas está disponibilizando um curso online, gratuito e com certificado, você pode saber mais sobre o curso gratuito de gerenciamento de projetos neste link.

O portal Análise de Requisitos também está disponibilizando o livro “Engenharia de Sistemas para Leigos” em português, gratuitamente.

Como documentar requisitos de software?

O processo de levantamento de requisitos de software é responsável por identificar todas essas necessidades e funcionalidades, além de documentá-las. Ainda quê sejam todas características e aspectos importantes para o sucesso de um projeto de software, nenhuma é tão importante quanto os REQUISITOS.

Isso aí mesmo, requisitos de software são mandatários e determinantes em um projeto. O correto levantamento dos requisitos (e obviamente a observância dos mesmos durante o desenvolvimento) é o que condicionará seu projeto ao sucesso, ou então ao fracasso.

Na engenharia de software, mais precisamente na engenharia de requisitos podemos definir como um requisito toda solicitação (visão macro do requisito ou simplesmente requisitos macro), necessidade, funcionalidade ou característica de um sistema.

Qual a importância do levantamento de requisitos?

O entendimento das reais necessidades do cliente ou então Product Owner durante o desenvolvimento de um projeto de software é uma atividade pode comprometer a entrega do projeto.

O engenheiro Dilbert, personagem criado por Scott Adams explica o que são requisitos em um projeto, o por que são tão importantes.
O engenheiro Dilbert, personagem criado por Scott Adams explica o que são requisitos em um projeto, o por que são tão importantes.

Dilbert explica muito bem a importância em ser assertivo durante o entendimento das necessidades do cliente ou do projeto.

Se o analista de negócios ou de requisitos de responsável pelo entendimento do problema, levantamento dos requisitos e criação dos documentos de requisitos cometer algum equivoco, esse erro irá percorrer toda a cadeia de desenvolvimento do sistema, sendo amplificado a cada fase.

Erros durante a fase de análise de requisitos acarretam grandes perdas financeiras e oneram um grande volume de esforço para sua correção.

Os erros mais comuns no levantamento de requisitos.

Dentro do universo estudado pelos pesquisadores da UFRJ, o ranking dos principais problemas que comprometem o desenvolvimento de um software.

O correto levantamento e entendimento das necessidades do cliente ou Product Owner é uma atividade que certamente pode comprometer a entrega de um projeto de software.
O correto levantamento e entendimento das necessidades do cliente ou Product Owner é uma atividade que certamente pode comprometer a entrega de um projeto de software.

Este ranking é liderado por um fator de competência da Engenharia de Requisitos: especificação de requisitos incorreta ou incompleta. A quarta e a sexta posições também são pertinente à esta área: expectativas irreais, e mudança nos requisitos.

  • Principais problemas com requisitos de software.
  • Requisitos incompletos.
  • Falta de envolvimento dos usuários finais.
  • Falta de recursos.
  • Expectativas Irreais.
  • Falta de apoio executivo.
  • Mudança nos requisitos.
  • Falta de planejamento – falhas de gestão.
  • Sistema não mais necessário.

Se agruparmos os fatores segundo sua área de competência, temos então um panorama macro que reflete quanto crítica pode ser uma análise de requisitos deficiente e falha. Dentre os oito critérios de falha citados acima, 39.8% são de responsabilidade da análise de requisitos.

Se você quiser saber mais sobre os principais erros que levam um projeto de desenvolvimento de software ao fracasso, lei o artigo “Os 8 erros que farão do seu projeto um FRACASSO!”.

Requisitos funcionais e Requisitos não funcionais.

Uma vez que está claro o que são requisitos de software, sugerimos que você leia o artigo sobre as 5 melhores técnicas de levantamento de requisitos de software.

Dentro do universo da engenharia de requisitos e do da sua identificação, podemos dividir os requisitos em dois tipos específicos e muito diferentes um do outro: “Requisitos Funcionais” e “Requisitos Não Funcionais”.

Os dois acabam sempre representando uma necessidade, característica ou funcionalidade de um software, entretanto em visões e com objetivos totalmente distintos. Mas o que é um requisito funcional e um requisito não funcional?

O portal Análise de Requisitos preparou um artigo especial explicando o que são cada um desses dois tipos de requisitos, quais as suas características, sua aplicação, e como identificar corretamente. Para ler o artigo basta clicar no link do artigo “O que são requisitos funcionais e requisitos não funcionais?”.

Lembre-se que todo bom analista de requisitos obrigatoriamente precisa ser um bom contador de histórias. Para contar boas histórias, é indispensável um bom vocabulário, certo? Mas e se você tivesse que contar histórias em Inglês, como está seu vocabulário hoje? Veja neste artigo como aumentar seu vocabulário em inglês de forma rápida e eficiente.

O portal Análise de Requisitos é o primeiro portal brasileiro dedicado a Engenharia de Requisitos e Engenharia de Software.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *