Analista comenta sobre oportunidades de negócios pós-pandemia

São Paulo, SP 12/1/2021 – A compra e venda de empresas é uma operação comum entre grandes corporações e tem ganhado espaço também entre pequenos negócios.

Mesmo com o mercado ainda em recuperação, é possível prever boas oportunidades de negócio para os empreendedores, avalia especialista.

A economia nacional ainda tenta se adaptar ao chamado novo normal após os fortes impactos provocados pela pandemia do novo coronavírus. Embora as previsões para a recuperação econômica sejam cautelosas, há uma perspectiva de mercado para boas oportunidades de negócio em diferentes segmentos, influenciadas, principalmente, pelas mudanças na forma de consumo.

Desde o início da pandemia, quando foi adotado o isolamento social, grande parte a rotina diária dos negócios passou a acontecer através da internet, seja para trabalhar, comunicar ou consumir. De acordo com Felippe Ferreira, fundador do meuBiZ , plataforma especializada em compra e venda de empresas e pontos comerciais , essa mudança forçada no estilo de vida de milhões de brasileiros desencadeou alterações no comportamento do consumidor, sendo a principal delas o consumo virtual.

Essa realidade é comprovada através de números. Um levantamento realizado pelo Instituto Ipsos mostrou que 50% dos consumidores brasileiros continuam comprando pela internet mesmo após a volta das atividades do comércio varejista em boa parte do país. Além disso, o estudo revelou, ainda, que 71% das pessoas pesquisam informações sobre os produtos na internet antes de efetuar a compra, seja ela no mercado físico ou virtual.

Diante das estatísticas, Ferreira acredita que as oportunidades de negócio para o período pós-pandemia têm relação direta com a web e as ferramentas que ela proporciona para conectar, comunicar e aproximar as empresas dos clientes. Como exemplo de uma tendência de negócio para o futuro, o especialista cita o mercado de fusões e aquisições de empresas, que tem ganhado força com o advento das novas tecnologias. “A compra e venda de empresas é uma operação comum entre grandes corporações e têm ganhado espaço também entre pequenos negócios. Em países desenvolvidos, como a Austrália e os Estados Unidos, esse tipo de operação se assemelha ao mercado de imóveis, com milhares de transações sendo realizadas anualmente”, afirma Ferreira.

Nos últimos anos, a internet fortaleceu esse mercado com o surgimento de plataformas especializadas em anúncios de compra e venda, como o meuBiZ . Além dos anúncios de empresas e imóveis comerciais à venda , também é possível ter acesso a conteúdos sobre empreendedorismo e como comprar ou vender uma empresa. “No Brasil, é mais fácil verificar esse tipo de operação sendo realizada a partir da venda de pontos comerciais , lojas ou restaurantes. No entanto, o setor tem se fortalecido e profissionalizado ao longo dos anos”, ressalta o especialista.

Para comprovar essa oportunidade de um bom negócio referente à compra e venda de empresa, Felippe cita a pesquisa realizada pela empresa de consultoria PWC, que apontou um crescimento de 34% nas aquisições e fusões entre janeiro e setembro de 2020, mesmo com a pandemia. Na comparação com os nove primeiros meses de 2019, o aumento foi de 12%, segundo o levantamento. “Através dos números positivos, é possível afirmar que a conjunção entre a internet e a vontade de empreender do brasileiro são pilares que podem fundamentar uma retomada econômica sustentável e o surgimento de negócios promissores para o pós-pandemia”, conclui.

Website: https://meubiz.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *