Como começar a praticar meditação?

A meditação é um exercício perfeito para acrescentar no seu dia a dia, principalmente para aquelas que têm uma rotina agitada. Ela te auxilia a lidar com a ansiedade e alguns sintomas da depressão, além de melhorar a questão da insônia e da pressão sanguínea.

Para aproveitar o máximo desses benefícios, o ambiente em que você está também deve ser levado em consideração. Até mesmo o seu conforto térmico pode ser um aliado para a sua concentração. Um local equilibrado e com uma música relaxante de fundo pode te proporcionar um clima agradável.

A princípio, pode parecer complicado começar a meditar, mas não se preocupe. Existem diversos tipos de meditação que podem se encaixar melhor com você e no tempo que você tem livre para se dedicar à prática. Por isso, vamos te ajudar a entender melhor cada um deles.

Confira, abaixo, algumas dicas para começar a praticar a meditação da melhor maneira possível e como se preparar para encaixá-la no seu dia a dia. 

Quais os benefícios da meditação? 

Antes de te ajudar a meditar, explicaremos os benefícios que você vai ter ao adicionar o exercício como parte da sua vida. Para a maioria das pessoas, os dias são agitados. Vivemos na correria entre tarefas, que muitas vezes geram a famosa ansiedade.

Por isso, apesar da falta de tempo em nosso cotidiano, encontrar um momento para parar e respirar é fundamental para controlar esses sentimentos. Alguns minutos de meditação também podem te ajudar com os pensamentos e com o estresse, além de aumentarem a sua capacidade de focar em atividades e auxiliarem no tratamento da depressão. 

Essa prática também diminui a insônia e, consequentemente, causa a melhora no seu rendimento, tanto no trabalho quanto nos estudos e outras atividades do tipo. Na saúde, também observamos o controle da pressão alta e da glicemia, bem como dos distúrbios alimentares e obsessivo-compulsivos. 

3 dicas para meditar corretamente

Separe um tempo

Comece reservando um tempo para a sua meditação. Separe, ao menos, 1 minuto do seu dia para começar a introduzir a prática na sua rotina. Depois de alguns dias, aumente para 2. 

Ao se permitir se desligar por um tempo, você começa a criar o hábito e, assim, passa a aumentar gradualmente esse período de meditação. O ideal é que você medite durante um período de 15 a 20 minutos. No entanto, em 5 minutos você consegue se beneficiar da meditação. 

Você pode reservar esse momento logo após acordar, antes de dormir ou como uma pausa durante as tarefas do seu dia, como forma de descanso. 

Prepare o ambiente

Quando falamos para preparar o ambiente, isso não requer grandes mudanças. Basta procurar por um ambiente em que você se sinta confortável. Portanto, separe um canto da sua casa em que você se sinta bem e que esteja longe de barulhos e distrações.

Caso você não esteja na sua casa e precise de um momento para respirar, você pode praticar ao ar livre, dentro do seu carro ou até mesmo em frente ao computador, no escritório. O importante é que o ambiente esteja silencioso para te ajudar na concentração. 

Controle a sua respiração 

No momento em que você está se concentrando, é importante que a sua respiração esteja em sintonia com a sua mente. Preste atenção para que você esteja inspirando profundamente, utilizando a barriga e o tórax, e expirando de forma lenta e prazerosa. 

Com o passar dos dias e com a prática, a atenção dada para a sua respiração vai se tornar cada vez mais simples de acontecer. Tenha paciência com o seu processo! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *