Como a tecnologia impacta nas operações logísticas?

1/2/2021 –

Para garantir resultados sustentáveis e escaláveis, a tecnologia torna-se aliada. Wilson Martins Botino Junior, especialista em Supply Chain, explica como a disrupção apoia as operações logísticas

Uma pesquisa realizada pela Ebit|Nielsen prevê cenário positivo para o e-commerce brasileiro no ano de 2021: espera-se alta de 26,1%. O crescimento acelerado acompanha o ano anterior, onde o serviço bateu recorde de faturamento dos últimos 20 anos.

Como consequência, o setor de logística é altamente impactado: diante da consolidação da compra on-line e marketplaces, a eficiência operacional torna-se indispensável, afinal, organizar todos os pilares torna-se uma premissa. 

Ainda assim, empresas já notaram a urgência de definir um processo logístico consistente há algum tempo: no ano de 2015, a pesquisa Forrester Research sugeriu que investir em novas tecnologias era indispensável para aumentar a produtividade em centros de distribuições, impactando, assim, o nível de excelência do serviço e, consequentemente, seu faturamento.

Sendo assim, Wilson Martins Botino Junior, especialista em Supply Chain, traz à tona alguns dos benefícios e impactos positivos alavancados por corporações que investem nas operações logísticas.

Centralização e confiabilidade

É sabido que a tecnologia facilita processos. Ainda assim, em certos casos, seu serviço vai além. “Diante de um mercado em larga expansão e com tantas informações que precisam ser acompanhadas, podemos alcançar agilidade com investimento em logística. Isso porque teremos informações centralizadas e, além da vantagem da organização, também teremos apoio na retenção de erros, fraudes e desvios de onformações”, aponta Junior. 

Agilidade

Ao investir na operação de logística e criar uma estrutura sólida, a automação do processo trará alinhamento e, consequentemente, tarefas bem executadas e em seu tempo hábil. “Com isso, conseguimos eliminar gargalos e dificuldades. O impacto desse ponto é interessante, pois pode até mesmo reduzir custos, uma vez que evita desperdícios – principalmente de tempo”, acentua Junior.

Inovação

Por fim, Junior ressalta que investir neste tipo de tecnologia refletirá na produtividade e resultados da empresa como um todo. “Conseguimos encontrar o equilíbrio necessário para fazer com que todos os pilares de uma corporação funcionem como deveriam. Mesmo diante de uma possível expansão, esta torna-se sustentável”, finaliza.

Apoio especializado

Wilson Martins Botino Junior é especialista em Supply Chain e profissional da área de Compras e Suprimentos. Com MBA na Universidade Federal do Rio de Janeiro e pós-graduação em Compras e Suprimentos pela Universidade Cândido Mendes no Rio de Janeiro, Wilson já compreende o mundo dos ERPs e atua na área há 10 anos.

Para saber mais, basta acessar: https://www.linkedin.com/in/wilson-botino-junior-12603b25

Website: https://www.linkedin.com/in/wilson-botino-junior-12603b25

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *