Franquia de pizza vira opção barata para quem quer começar o próprio negócio

Paraná 9/2/2021 – Estamos introduzindo um conceito novo, de pizzas gostosas, com sabores variáveis e por um preço acessível.

Rede de franquias tem o objetivo de introduzir um novo conceito no mercado, de pizzas de qualidade por um preço acessível

Seja com massa grossa, macia ou fina, com carne ou de vegetais, salgada ou doce, a pizza é uma paixão nacional que só cresce no país. Para se ter uma ideia, o Brasil produz um milhão de pizzas por dia, segundo dados da Associação de Pizzarias Unidas de São Paulo, em um mercado que movimenta R$ 22 bilhões por ano.

E se os brasileiros são fanáticos por essa iguaria italiana, os paulistas são os que adotaram definitivamente esse prato no cardápio: São Paulo é a segunda cidade que mais come pizza do mundo, perdendo apenas para Nova York, nos Estados Unidos, ainda de acordo com a associação. A média de consumo é de 570 mil pizzas por dia no estado.

E foi exatamente de São Paulo que o empresário Douglas Dubay de Almeida tirou a ideia do seu negócio: vender pizzas de qualidade por apenas R$ 10. “Vi que algumas pessoas ofereciam pizzas na frente dos estádios para os torcedores por R$ 10 e conseguiam vender de 100 a 150 unidades em uma noite, então tive a ideia de criar uma pizzaria delivery com um cardápio completo de pizzas por esse valor e deu muito certo”, explicou Douglas, proprietário da Delivery 10 Pizza.

Vendendo mais de 100 pizzas por dia de segunda a quinta-feira e mais de 250, de sexta, sábado e domingo, o empresário afirma que são comercializadas em média 5 mil pizzas por mês, gerando um faturamento líquido de 5 dígitos.

“Estamos introduzindo um conceito novo, de pizzas gostosas, com sabores variáveis e por um preço acessível. E o mais surpreendente é que não só pessoas de classe baixa e média nos procuram, mas público considerado classe A também”, completou o empresário.

Franquia 100% delivery

Com a pandemia do coronavírus que atingiu o Brasil em meados de março de 2020 as pizzarias passaram por uma transformação digital e precisaram se reinventar para atender a nova demanda do mercado.

Uma dessas mudanças foi a disrupção do setor com o uso da tecnologia. Uma pesquisa do aplicativo Mobills, startup de gestão de finanças pessoais, mostrou que as vendas por delivery cresceram quase 100% entre janeiro e maio de 2020 na comparação com igual intervalo do ano anterior. A empresa analisou dados de mais de 160 mil usuários do aplicativo Mobills e constatou que os gastos com os principais aplicativos de entregas focados nos delivery de comida (Rappi, iFood e Uber Eats) cresceram 94,67% no período.

A franquia Delivery 10, por exemplo, atua apenas no modelo de delivery, o que reduz consideravelmente os gastos mensais do estabelecimento, uma vez que elimina custos extras. “Criamos um modelo de franquia que requer baixo investimento, mas que gera alta rentabilidade, uma vez que eliminamos o custo de um salão para atender aos clientes presencialmente, contratação de garçons, etc. Outra estratégia é a comercialização de pizzas a partir de R$ 10,00, o valor é bem abaixo das pizzarias tradicionais, porém ganhamos na quantidade vendida, em média são 5 mil pizzas por mês”, concluiu Douglas.

Para 2021, a tendência é que o mercado de delivery continue em crescimento acelerado. As previsões apontam que o setor poderá movimentar cerca de 6 trilhões de dólares em todo o mundo até o final do ano, segundo dados da Statista.

Website: http://www.delivery10pizza.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *