Giraffas identifica demanda reprimida durante a pandemia

São Paulo 15/7/2021 – Quando o comércio abre há uma performance, muitas vezes, superior à de 2019

Rede percebe uma alta nas vendas em lojas físicas, superiores a 2019, quando comércio é reaberto

Para os brasileiros, uma refeição deve ir além de suas funções práticas, meramente nutricionais, ela deve ser uma oportunidade para quebrar a rotina diária, conversar com a família ou trocar ideias com os amigos – nas grandes cidades, onde não mais é possível o almoço em casa, a refeição tem a função de quebrar o estresse da cidade grande e do trabalho.

E as restrições à circulação e funcionamento dos restaurantes em função da pandemia vêm impedindo que esse convívio seja normalizado, gerando o que o Giraffas, uma das maiores redes de alimentação do país, identificou como uma “demanda reprimida de felicidade”.

O quadro econômico ainda é de recessão e desemprego, com o crescimento de 2021 concentrado em commodities e incapaz de repor a queda de 2020 e de uma sólida oferta de empregos, e não seria de se prever vendas superiores a 2019 – mas é o que está acontecendo sempre que as restrições ao funcionamento são eliminadas – em julho, 98 restaurantes, quase um terço daqueles em pleno funcionamento, registraram vendas superiores a 2019.

Uma análise das curvas de vendas globais comparando 2019 e 2021 mostra um desempenho quase paralelo, com fortes quedas principalmente no fechamento dos shopping centers – o gap corresponde quase exatamente às vendas por delivery, com números mais altos logo após a reabertura.

Pesquisa divulgada pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), em parceria com a Alelo, empresa especializada em benefícios, incentivos e gestão de despesas corporativas, aponta que o consumo em restaurantes, bares, lanchonetes e padarias do país registrou queda de 33,2% em abril na comparação com o mesmo período de 2019.

Entretanto, no Giraffas, a percepção é outra: quando o comércio abre há uma performance, muitas vezes, superior à de 2019. O consumidor brasileiro ainda acredita que o futuro será melhor mesmo com todas as adversidades causadas pela pandemia de Covid-19. O discurso de esperança é um dos resultados apontados pela pesquisa “Tomorrow’s Consumer: Consumidor do Amanhã Tendências de Comportamento, Compra e Consumo para o Futuro”, focada no público brasileiro, realizada pela Mosaiclab em parceria com a Toluna, durante primeira edição do Global Retail Show.

“Dessa forma, a conclusão preliminar da nossa análise é que as refeições ‘fora de casa’ voltam a cumprir seu papel de ferramenta de convivência e diversão, e o Giraffas faz a sua parte para isso”, conclui Victor Romancini, gerente Administrativo e Financeiro da Rede Giraffas.

Website: http://giraffas.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *