Má postura pode afetar a saúde de jovens e crianças em longo prazo

São Paulo – SP 15/6/2021 –

Quadros de má postura, agravados durante a pandemia, podem afetar a saúde e a qualidade de vida de crianças e jovens em idade escolar. Cuidar da coluna por meio de fisioterapia preventiva pode ajudar

As dores nas costas estão sendo agravadas pelo isolamento social (decorrente da pandemia do novo coronavírus), e as longas horas em casa em frente ao computador estão afetando até mesmo crianças e jovens em idade escolar. A má postura é a grande desencadeadora dos casos e pode levar a problemas mais sérios com o passar do tempo.

Postura inadequada pode afetar a saúde de crianças e jovens

Os estudantes passam muitas horas lendo na frente do computador, o que acaba levando a quadros de postura incorreta. O hábito de carregar mochilas pesadas também causa dores, principalmente na cervical ou na região lombar.

Durante a pandemia, os quadros de dores na coluna passaram a atingir pessoas cada vez mais novas. O sedentarismo e a realização de todas as atividades de forma on-line contribuíram para que até mesmo crianças passassem a sofrer com dores nas costas.

A saúde do estudante pode ser comprometida com o tempo

Importante salientar que a postura incorreta pode afetar negativamente a qualidade de vida de crianças e jovens de maneira crônica, ou seja, permanente. Alguns dos sinais de que há problemas recorrentes na coluna do paciente são: dor nas costas sem melhora significativa; dor na região do pescoço; desequilíbrios musculares; inflamação dos tendões; fadiga e desvios posturais.

Hábitos comuns podem prejudicar a coluna de crianças e jovens

Permanecer com as pernas cruzadas

Permanecer sentado com as pernas cruzadas é um hábito adquirido desde muito cedo pelas crianças, ocasionando o desenvolvimento de um desnível do quadril. Com isso, a coluna lombar fica inclinada, podendo causar lombalgias. O correto é permanecer com os dois pés apoiados no chão.

Carregar mochila ou bolsa muito pesada

Mochilas e bolsas pesadas são algumas das principais causas de dores nas costas em crianças e jovens. No caso das mochilas, é fundamental que permaneçam bem ajustadas e apoiadas nos dois ombros. As bolsas de ombro, por sua vez, não podem ser muito grandes, e é importante intercalar o lado de uso.

Muito tempo em frente ao computador

Durante a pandemia, as pessoas passaram a ficar mais tempo em frente ao computador. Ainda que esse hábito já tenha sido incorporado por pessoas de todas as idades, é possível diminuir as lesões ao manter a postura correta. O ideal é que os antebraços permaneçam apoiados na mesa, os pés apoiados no chão, e o corpo deve estar reto – sem torções.

Fisioterapia preventiva evita que crianças e jovens tenham dores nas costas

A fisioterapia preventiva é uma área da fisioterapia que visa, especificamente, evitar que problemas envolvendo dores nas costas se manifestem. Por meio de exercícios específicos para cada caso e sessões orientadas por fisioterapeuta profissional, é possível fortalecer os grupos musculares que sustentam a coluna. Como consequência, a pessoa se torna mais forte e menos suscetível a problemas em toda a região.

Na hora de realizar sessões de fisioterapia preventiva, é fundamental contar com equipe de especialistas aptos a orientar quais exercícios são os mais indicados de acordo com as especificidades de cada caso. As clínicas de fisioterapia, como a SM Care, contam com equipe e estrutura para receberem pacientes que buscam mais qualidade de vida ao prevenir e tratar dores nas costas.

Website: https://smcare.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *