16

Todo motorista que se preocupa com o seu bolso sabe que é importante otimizar o uso dos pneus do seu carro. Afinal, essas peças estão entre as que mais exigem manutenção e também com um custo considerável.

Além disso, é fato que eventualmente todos teremos de trocar os pneus do carro. Por isso, é importante aprender como otimizar o uso dos pneus para garantir que gastará o menos possível com eles.

Quer aprender como cuidar melhor dos pneus para mantê-los conservados por mais tempo? Então siga a leitura do artigo abaixo.

Lave os pneus para mantê-los mais limpos e protegidos

Poucas pessoas costumam limpar os pneus do carro com frequência. No máximo, elas jogam uma água quando vão lavar o automóvel uma vez por mês, e olhe lá.

No entanto, o pneu é uma parte sensível do automóvel. Ele parece robusto e forte, mas na verdade pode ser furado com relativa facilidade.

Por isso, o recomendado para protegê-lo por mais tempo é usar uma escova com cerdas um pouco mais rígidas para limpar o pneu sempre que for lavar o carro, especialmente se você andou por ruas de terra antes.

Isso porque a terra pode ficar acumulada nos sulcos do pneu e causar danos a ele (sem falar na perda de dirigibilidade em terreno molhado).

Adote bons hábitos de direção para evitar o desgaste

Parte dos desgastes que um pneu sofre é causada por hábitos negativos de direção. De certa forma, os pneus são peças do carro que refletem o quão bom é um motorista.

Por isso, adote bons hábitos para otimizar o uso dos pneus e evitar que você tenha de trocar as peças antes da hora.

Veja a seguir alguns bons hábitos a se ter em conta:

  • não acelerar ou frear bruscamente;
  • passar pela lombada com os pneus retos;
  • evitar buracos;
  • não estacionar com o pneu apoiado na calçada.

Mantenha os pneus sempre calibrados, alinhados e balanceados

Nem todo motorista se preocupa com a calibragem, o alinhamento e o balanceamento dos pneus. Por isso, eles acabam sofrendo com desgastes em excesso e os motoristas acabam perdendo as peças antes da hora.

Um exemplo clássico é a calibragem. Quando em menor pressão que o recomendado, o pneu tem dificuldade de girar (o que força o motor e aumenta o gasto com combustível) e também raspa mais no chão, o que aumenta o seu desgaste.

Já quando os eixos estão desbalanceados, um pneu se desgasta mais do que o outro.

Por isso, é importante checar o alinhamento, balanceamento e pressão dos pneus do seu carro em intervalos regulares para prevenir o desgaste acelerado das peças.

Faça a manutenção de outros sistemas para otimizar o uso dos pneus

Como estão em contato direto com o chão, os pneus são elementos essenciais para exteriorizar sintomas de problemas de outros sistemas do carro.

Por exemplo, se a suspensão estiver com algum problema, isso resultará em mais danos ao pneu. Se os freios estiverem com problemas, isso resultará em danos ao pneu também.

Se você quer otimizar o uso dos pneus, deverá focar em manter todos os sistemas do seu carro em ordem para evitar ter de comprar um novo jogo antes do prazo determinado.

E por falar nisso…

Compre pneus corretos para o seu modelo de carro

Você sabe como ler as medidas do pneu e comprar a peça certa para o seu carro? Por exemplo, você sabe decidir entre um pneu 205/55 R16 91 W e um pneu 175/65 R14 91 W?

Se não sabe, então é importante aprender para garantir que você não comprará o pneu errado, que se desgastará antes ou depois da hora.

Para explicar, esse “código” revela todas as informações necessárias sobre o pneu:

  • 205: largura do pneu em milímetros;
  • /55: proporção da altura em relação à largura;
  • R: se o pneu é radial ou não;
  • 16: tamanho do aro;
  • 91: índice de carga;
  • W: índice de velocidade.

Esse código existe para padronizar as informações sobre pneus, quando você for comprar pneus em Florianópolis, Paris ou em qualquer outra cidade do planeta, e, assim, não terá dificuldades em comprar o modelo certo.

Faça o rodízio apenas se a sua montadora recomendar

Muitos motoristas realizam sempre o rodízio de pneus dos seus carros. Na teoria, a ideia é boa e deveria ajudar a diminuir o desgaste das peças. Na prática, no entanto, isso nem sempre funciona assim.

Nem todo carro deve fazer rodízio de pneus, segundo as montadoras. Por isso, é importante que você saiba se o seu deve ou não participar dessa prática. Essa informação está no Manual do Proprietário.

Não use pneu remold ou recauchutado

Muitas pessoas acreditam que um pneu remold ou recauchutado é mais vantajoso do que um novo por causa do seu preço. Isso não é verdade, uma vez que o custo por km rodado deles é muito maior.

O pneu novo tem uma duração que costuma ser o dobro ou mais do remold ou recauchutado. No entanto, ele não custa o dobro. Por isso, ele é mais econômico em longo prazo.

E aí, aprendeu como otimizar o uso dos pneus do seu automóvel? Com essas dicas, você com certeza manterá os pneus em ordem por 50 a 60 mil quilômetros, que é a durabilidade recomendada.

Gostou do conteúdo? Então conte pra gente alguns cuidados que você realiza para conservar os pneus do seu veículo!

Responder

Deixe uma resposta