81

Reforma Residencial: 06 Dicas para economizar (Infográfico)

Reformas costumam sair bem mais caras que o previsto, e para que isso não se torne um problema separamos algumas dicas para o seu bolso!

Abaixo 06 dicas Para Economizar Em Reformas Residenciais

1 – Planeje Tudo Com Antecedência

Planejamento de obras é a parte fundamental para que se saiba desde o inicio quais são as prioridades, como solucionar problemas já existente no imóvel ou apenas fazer um renovação do ambiente.

É importante que o projeto seja definido previamente para não haver mudanças de planos, evitando assim gastos desnecessários. Incluir mais coisas ao projeto inicial também deve ser evitado.

2 – Determine Qual O Seu Limite De Gastos

Faça um balanceamento de todas as suas despesas mensais fixas e descubra o quanto realmente possui para realizar a reforma da casa.

Normalmente as obras costumam sair entre 10% e 15% mais caras que o esperado no orçamento inicial, devido a desperdícios de material e eventuais atrasos no cronograma.

3 – Faça Um Cronograma

Um cronograma nada mais é que uma tabela com todas atividades que serão realizadas e seus respectivos dias. Deve ser feito dois cronogramas para uma reforma.

Cronograma de obra informando quando será a entrega de materiais e o cronograma de serviços a serem realizados na obra.

Certamente você irá ter que fazer alguma tabelo tipo essa aqui embaixo:

cronograma de reforma residencial

Você pode usar o próprio Google Docs para criar cronogramas, segue o link:

https://www.google.com/intl/pt-BR/docs/about/ 

http://www.planilhasdeobra.com/planilha-obra-gratis/

4 – Use A Regra Do Melhor De Três Para Orçamentos

Com certeza essa é a melhor forma de economizar e uma reforma, fazendo sempre 03 orçamentos com cada profissional ou distribuidor de material.

Escolhendo sempre a opção que apresentar melhor custo benefício e nunca indo pelo mais barato, pois como todos sabem o barato sai caro.

Priorize sempre a qualidade de materiais e mão de obra, um fator que deve ser levado muito em conta é a reputação dos profissionais. Sempre dê preferência para uma indicação de confiança!

Alguns sites para pedir orçamentos online:

htts://www.getninjas.com.br/

https://areavipconstrucao.com/

https://www.triider.com.br/

5 – Use As Suas Habilidades

Provavelmente seu você tiver alguma aptidão com trabalhos manuais agora é a hora de tentar coloco-la em prática.

Certamente deve ter algum serviço que talvez você se sinta a vontade para desempenhar a função. Existem hoje em dia muitos canais no YouTube que te ensinam passo-a-passo como fazer uma reforma na sua casa.

Segue alguns canais de exemplo:

https://www.youtube.com/channel/UCHuLt790mVdedHTtwspQ_QA/featured

https://www.youtube.com/channel/UCkKBsR78T2t8slmDwNcy-gA/featured

https://www.youtube.com/channel/UChacze-HI7IYvR1ON1CB6gw/featured

 

6 – Reforme um cômodo de cada vez

Talvez uma das dicas mais importantes seja essa, faça a reforma da casa por partes. Isso fará que você cumpra com mais facilidade o cronograma da obra evitando atrasos além de conseguir calcular com maior precisão o gasto com materiais.

Além de facilitar o controle de gastos também permite uma maior organização em como armazenar tantos materiais, o ideal é comprar apenas os materiais que serão usados em cada etapa da reforma.

Aproveitando assim muito melhor o espaço!

Conclusão final

Creio que ao final desse post com as nossas dicas de reforma você possa aumentar as suas chances de gastar pouco na sua obra.

Sempre anote tudo, use planilhas e tabelas para controle de gastos e conclusão de serviços.

NUNCA PAGUE ADIANTADO PELA MÃO DE OBRA! 

O ideal é pagar ao término da reforma quando o mesmo for de pouca duração ou realizar o pagamento semanal referente a produção na obra. Normalmente é feito uma medição ou usado um checklist de tarefas a serem cumpridas durante a semana!

Essa é uma regra de ouro para evitar futuras dores de cabeça com serviços inacabados ou mal feitos pois já foram pagos de antemão.

Outra dica importante é conferir todo material que foi comprado na hora da entrega, evitando assim futuros incômodos e gastos com trocas de materiais.

 

Abaixo deixaremos um infográfico com um resumo das nossas dicas passo-a-passo!

infográfico com dicas de reforma residencial

Responder

Deixe uma resposta